Tribunal do Trabalho determina para julho leilão do prédio da Santa Casa de Suzano

Categories

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) determinou o leilão do prédio da Santa Casa de Misericórdia de Suzano. A decisão definiu o pregão para o dia 2 de julho. O terreno, de 10.850 metros quadrados, foi avaliado em R$ 20 milhões. As informações sobre a venda estão disponíveis no portal www.jusbrasil.com.br. O DS aguarda posicionamento da Prefeitura sobre o tema.

Serão incorporadas no leilão as seguintes edificações: Pronto-Socorro; administrativo; hemocentro; anfiteatro e ortopedia; fisioterapia, além do prédio da Funerária Colina dos Ipês – área concedida para atuação de uma empresa privada.

Segundo a decisão, o pregão se dará eletronicamente e/ou presencial. Os interessados na aquisição do prédio da Santa Casa de Suzano deverão garantir lance de 30% do valor total, que é de R$ 20.034.115. Os lances serão realizados das 9 às 18 horas, inclusive aos sábados, domingos e feriados.

DECISÃO

O processo no qual resultou na penhora do prédio da Santa Casa de Suzano existe há mais de 25 anos. Mas, a unidade hospitalar tem um histórico de dívidas. No total, são R$ 321,82 milhões. Desse total, R$ 70,023 milhões de dívidas gerais (fornecedores, tributos e etc); R$ 229,18 milhões de ações judiciais em trâmite e R$ 13,61 milhões de dívidas no Tribunal de Contas.

A Prefeitura de Suzano pagou R$ 13,39 milhões de parte da dívida em 2017 e 2018, que incluiu fornecedores, décimo terceiro atrasado, parte do acordo trabalhista, tributos federais e empréstimo a Caixa Econômica Federal (CEF) – diminuiu o valor inicial, que era de R$ 335,22 milhões. Apesar de ter quitado uma parte, a Santa Casa continuou correndo risco de ser fechada, tendo, inclusive, o prédio hospitalar penhorado em 2016.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*