Tombamento histórico do prédio da Academia Tokuzo Terazaki é pedido de 2018 do vereador Jaime Siunte

O vereador Jaime Siunte (PSDB) é autor de um requerimento, aprovado em 2018, que solicita ao Executivo o estudo para o tombamento histórico do prédio da Academia Tokuzo Terazaki, na Vila Urupês. Nesse final de semana, o prefeito da cidade oficializou a ação. Segundo informações da administração municipal, será feita a restauração do prédio em seu estado original e a previsão é que o espaço possa estar pronto em abril do ano que vem, na comemoração dos 74 anos de emancipação político-administrativa de Suzano.

A prefeitura informou ainda que esse prédio possui 783,75 metros quadrados de área construída em 1.161,44 metros quadrados de terreno, passará a ter preservadas suas características originais, tanto do formato arquitetônico quanto cultural, por meio do decreto municipal. O espaço teve as obras iniciadas em 1934, com a conclusão em 1952.

Por saber da importância histórica do local, o vereador Jaime Siunte fez a solicitação, em 2018. “A Academia Tokuzo Terazaki é uma peça muito importante da história da nossa cidade. Temos que valorizar e preservar construções antigas para que as futuras gerações possam conhecer o passado de Suzano. É valorizando o passado que construímos um futuro melhor”, analisou o vereador.

História

De acordo com a prefeitura, a Academia Tokuzo Terazaki foi o primeiro espaço de ensino de judô instalado no Brasil após seu idealizador, Tokuzo Terazaki, imigrar do Japão, em 1929, com destino à capital do Pará, Belém, porém, em 1933, Terazaki chega a Suzano após convite de Katsutoshi Naito, também praticante de judô e que conheceu na Academia Kodokan em Tóquio.

Em 1957, a Academia Terazaki recebe o primeiro campeonato de judô da América Latina, se tornando o grande palco da modalidade no continente. Para além da academia, Tokuzo Terazaki ainda foi vice-presidente da Associação de Faixas Pretas no Brasil, organizou a Federação Nacional de Judô e introduziu a modalidade no Exército e Polícia Militar.

Terazaki faleceu em 1975 em razão de complicações decorrentes de uma gastrite.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *