Liberação FGTS: como usar o dinheiro para sair da inadimplência?

Categories

Saques devem movimentar 30 bilhões de reais na economia

Nesta sexta-feira (13) começa a ser liberado o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) de até R$ 500  para correntistas da Caixa Econômica Federal, para aqueles que não possuem vínculo, o saldo estará liberado somente dia 18 de outubro. A previsão do governo é movimentar cerca de 30 bilhões de reais na economia até o final do ano e 12 bilhões em 2020. 

Uma das opções para o uso do FGTS é aproveitar para sair da inadimplência. Um levantamento realizado pela Secretaria de Política Econômica do Ministério da Economia (SPE), mostra que 37,3% das pessoas com nome negativado tem dívidas inferiores a R$ 500.

Segundo a  Acordo Certo, maior base de défices concentradas no Brasil, 25 milhões de pessoas possuem CPFs em débito para negociação, somando um montante de 32 bilhões de reais em dívidas.

“Entendemos que todos devem ter a oportunidade de limpar o nome, quitar aquele débito antigo e reorganizar as contas atrasadas”, afirma Dilson Sá, CEO da Acordo Certo. Para solucionar esse problema, a empresa criou a operação Zera Dívida.

Até 27 de setembro, os interessados poderão quitar seus débitos sem sair de casa. Basta acessar a plataforma, realizar um cadastro e consultar dívidas em aberto com parceiros como Santander, Lojas Pernambucanas, entre outros. As condições de pagamento podem chegar até 95% de desconto, com parcelamento em até 12x.

Sobre a Acordo Certo

A Acordo Certo foi fundada em 2015 com a missão de ajudar as pessoas a conquistarem seu “bem-estar” financeiro de uma maneira transparente, segura e 100% online. A empresa já realizou mais de um milhão de negociações desde a sua criação, totalizando mais de um bilhão de reais negociados. Possui cerca de 20 empresas parceiras, entre elas varejistas, bancos, financeiras, empresas de telefonia e grupos educacionais. Para saber mais, acesse: https://www.acordocerto.com.br/

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*