Câmara de Suzano aprova convênio para reforço policial

Categories

A Câmara de Suzano aprovou na sessão ordinária da última quarta-feira (9) convênio entre a administração municipal e o governo estadual para reforço policial. O projeto de Lei, de autoria do prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL), visa “uma melhor execução das atividades de segurança pública pelos órgãos policiais”. Além do reforço policial, o convênio prevê ainda a cooperação técnica, material e operacional.

Os vereadores aprovaram ainda o projeto de Lei de autoria do vereador Jaime Siunte (PTB) que busca tornar obrigatória a emissão de receituários médicos e odontológicos escritos em letra de forma legível ou digitados, um projeto de Lei de autoria do vereador Alceu Cardoso (Republicanos) que dispõe sobre o funcionamento de gabinetes optométricos de profissionais habilitados para o atendimento a saúde visual primária na rede privada da cidade e o projeto de Lei Complementar que regulamenta e disciplina as ações, procedimentos e instrumentos urbanísticos de regularização fundiária sustentável em Suzano. O objetivo da proposta é o de adotar normais e procedimentos administrativos que viabilizem a Regularização Fundiária Urbana (Reurb) no município, de acordo com o previsto na legislação federal sobre o tema e o Plano Diretor do município.

Licença

O vereador Isaac Lino Monteiro (PSC) solicitou licença médica por 15 dias. Por este motivo, o suplente do partido, Luis Carlos da Costa, tomou posse na sessão de hoje. “Espero que nestes 15 dias eu possa contribuir com os nobres colegas para beneficiar Suzano”, discursou. O parlamentar aproveitou para elogiar Ashiuchi como “um dos melhores prefeitos de Suzano”.

Tribuna

O vereador Leandro Alves de Faria (PL), o Leandrinho, falou sobre a creche no Jardim Revista. O parlamentar explicou que a Secretaria de Educação esclareceu que a unidade escolar será fechada a partir do ano que vem e os alunos serão transferidos para uma creche comunitária, com melhor estrutura, no mesmo bairro, e os funcionários remanejados. “Nenhum aluno será prejudicado”, afirmou o vereador.

Já o vereador José Alves Pinheiro Neto (PDT), o Netinho do Sindicato, tratou sobre o projeto de Lei, de sua autoria, que começou a tramitar na Casa de Leis. A propositura dispõe sobre o alinhamento e a retirada de fios em desuso e desordenados existentes em postes de energia elétrica na cidade. 

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*