Clube de Campo retoma obras com flexibilização da quarentena

DCIM100MEDIADJI_0019.JPG

Objetivo principal é o término da ampliação da arena de areia com a construção de novas quadras de beach tennis e futevôlei

O Clube de Campo de Mogi das Cruzes (CCMC) vai retomar as obras de ampliação e modernização após ficar quatro meses fechado em razão da quarentena da pandemia de Covid-19. A decisão foi tomada pela diretoria executiva, que, com a flexibilização deste período, tem aberto o Clube para algumas atividades de forma gradual.

O diretor de Patrimônio do Clube, Walter Zago Ujvari destacou que o processo já teve início logo que houve a reabertura. “Já estamos finalizando a troca de iluminação das quadras de tênis. Esta semana vamos finalizar a quadra 1 e, com isso, todas as quadras passam a ter lâmpadas de LED no lugar das convencionais, aumentando assim a qualidade e tendo impacto importante na economia de energia do clube”.

Segundo ele, esta semana também serão retomadas as obras de ampliação da área de esportes na areia. “Vamos finalizar a construção de mais uma quadra de beach tennis, ampliando assim para seis quadras da modalidade, e a construção de uma quadra específica de futevôlei”, explicou.

Sobre a reforma no campo de futebol Society, Ujvari destacou que o clube já abriu o procedimento de cotação e contratação para a troca do piso e manutenção. “Já retomamos este processo e agora será apresentado para o Conselho Deliberativo para análise, mas creio que não haverá problema para ser aprovado”, disse.

É bom ressaltar que mesmo com o fechamento para os associados durante o período mais duro da quarentena, o clube poderia ter feito as obras, no entanto, a diretoria executiva decidiu aceitar um pedido do Conselho Deliberativo, que havia solicitado a paralisação dos trabalhos.

Mesmo com esta decisão, Ujvari destacou que o clube não ficou sem manutenção, pelo contrário. “Fizemos uma manutenção preventiva, corretiva e emergencial, como pinturas de várias áreas, no refeitório, bancos da Praça de Eventos, arquibancada e muros; reformas na fachada da academia, reconstrução parcial de canteiros e limpeza em calhas e grelhas; e manutenção das pedras do parque aquático, entre outras”, descreveu.

O presidente do Clube de Campo, Pedro Paulo Gonçalves, destacou que durante os mais de quatro meses em que o clube ficou fechado, uma equipe de manutenção sempre esteve trabalhando para fazer melhorias e deixar o clube preparado para sua reabertura. “Tenho a certeza de que o associado vai encontrar um clube melhor, mais limpo e seguro com a manutenção que foi feita neste período”, disse.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*