Clube de Campo se credencia para receber torneio profissional de tênis

O Clube de Campo de Mogi das Cruzes (CCMC) poderá receber entre o segundo semestre deste ano e o primeiro semestre de 2021 um torneio profissional de tênis. A informação é do presidente do CCMC, Pedro Paulo Gonçalves, que, ao lado do diretor de Esportes, José Rodrigues Dias, esteve na sede da Federação Paulista de Tênis (FPT), onde foi recebido pelo presidente Luiz Fernando Balieiro, e pelo diretor de Beach Tennis, Roberto Fadul Machado. O encontro aconteceu dias antes do aumento dos casos do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil, que exigiu que todos ficassem em suas casas, tendo o clube, inclusive, paralisado suas atividades.

Na oportunidade, o presidente Pedro Paulo, além de retribuir a visita que Balieiro fez este ano ao clube, quando acompanhou alguns jogos do ITF Seniors Mogi, organizado em fevereiro, cogitou a possibilidade de o CCMC receber um torneio profissional de tênis.

“Conversamos a respeito disso. O presidente Balieiro fez uma visita ao clube quando ocorreu o ITF Seniors e nesta nossa ida à Federação, como retribuição, recebemos a notícia de que o Clube de Campo poderá receber um torneio da categoria Future ou Challenger”, explicou o presidente do CCMC.

Ele revelou que esta competição poderá ser realizada ainda no segundo semestre deste ano ou ficar para o primeiro semestre de 2021. “A Federação Paulista de Tênis nos apresentou um projeto de captação de cotas de patrocínio por meio do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) estadual para viabilizar economicamnte a realização do torneio profissional”, explicou Pedro Paulo.

Para o diretor de Esportes do CCMC, José Rodrigues Dias, foi uma reunião institucional na qual foi discutida a participação do Clube de Campo nas competições da Federação Paulista e de novos projetos envolvendo o futuro do tênis e do beach tennis. “Este encontro só fortalece essas modalidades dentro e fora do CCMC”, disse Dias.

Além da conversa sobre tênis, os dirigentes também destacaram as ações tomadas para combater a propagação do coronavírus (Covid-19). A Federação suspendeu todos os torneios programados para este primero semestre. O Clube de Campo também paralisou suas atividades, se alinhando às recomendações de autoridades da área da Saúde e do Governo de São Paulo.

Torneios

A principal diferença entre os torneios profissionais Future e Challenger é que o Future é o primeiro passo na carreira de um tenista profissonal. Nesta categoria, cada torneio concede prêmios na faixa de U$ 10 mil a U$ 15 mil. Nos eventos com premiação de U$ 10 mil, 128 tenistas disputam as 32 vagas na chave principal. Já nos de U$ 15 mil, a fase de qualificação conta com apenas 64 jogadores.

O Challenger é osegundo degrau na carreira do tenista profissional, no qual cada competição requer um ranking mínimo para participação nos eventos. Organizada pela Associação de Tenistas Profissionais (ATP), a série Challenger paga prêmios que variam de U$ 35 mil a U$ 150 mil. Praticamente todos os grandes tenistas do mundo jogaram na Challenger no início das suas carreiras, incluindo Pete Sampras, Roger Federer, Rafael Nadal e Novak Djokovic.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*